Espaço para festa infantil: como encontrar o ideal?

Espaço para festa infantil: como encontrar o ideal?

espaco-para-festa-infantil

Organizar a festa de aniversário dos filhos é um dos momentos mais agradáveis para pais e mães. Porém, nem sempre decidir o espaço para festa infantil é algo simples. Com tantas opções disponíveis, pode ser complicado escolher aquele que caiba no seu orçamento, que comporte seus convidados tranquilamente e que seja seguro para as crianças.

Se você está passando por esse momento e não sabe exatamente o que levar em conta para decidir pelo espaço para festa infantil, continue a leitura!

Quantidade de convidados

Antes de pensar em visitar os espaços ou até mesmo na decoração e no tema, pense no número de pessoas que irá convidar e se a maioria será crianças ou adultos.

Nas festinhas de 1 ano, ou quando a criança ainda é pequena, é normal que as festas de aniversário reúnam mais adultos que crianças, o que significa uma necessidade de espaço diferente.

Conforme o seu filho envelhece, os amiguinhos passam a ser os convidados principais, e aí você terá de optar por um lugar maior, com espaço disponível para as brincadeiras, brinquedos alugados, atrações e outros (e ainda que tenha segurança suficiente para todos brincarem).

Tema do aniversário

As festas de aniversário com temas são uma sensação, mas é preciso que o espaço para festa infantil comporte a decoração que você deseja (e também que a mesma esteja de acordo com a idade do aniversariante).

Nas festinhas de 1 ano, os temas são mais lúdicos, como céu e nuvens, aviões, circo, etc. e não costumam exigir grandes necessidade de espaço e nem do aluguel de brinquedos, já que muitos dos convidados terão a mesma faixa etária e ainda estarão no colo dos pais.

Já conforme a criança fica mais velha é importante tentar pensar em temas que ela goste ou que faça parte do seu universo, como personagens de desenho animado, de videogames, cores, atividades, entre outros.

Se o seu filho adora dinossauros, por exemplo, esse pode ser um tema super bacana de ser explorado, mas você precisará de um espaço que comporte esse tipo de decoração.

Atrações da festa infantil

Muitas crianças reunidas pode exigir que você pense antecipadamente em atrações e brincadeiras para diverti-las.

Hoje é muito comum contar com o aluguel de brinquedos e de equipes de recreação, mas, novamente é essencial que o espaço escolhido comporte essas atrações.

Se você está pensando em alugar um buffet, pense se ele oferece atrações que estejam de acordo com a faixa etária do seu filho e dos convidados.

Muitas vezes, é mais barato e interessante alugar uma chácara, por exemplo, e contratar as atrações uma a uma, mas que estejam de acordo com o tema da festa e com as preferências das crianças, garantindo que elas participarão das brincadeiras.

Segurança

É impossível falar de festa infantil sem pensar na segurança dos convidados. Crianças correndo e brincando pode significar acidentes e problemas, principalmente quando não existe um número suficiente de adultos para supervisionar.

Por isso, pense no tamanho do espaço alugado e na quantidade de atrações e brinquedos. Em muitos casos, vale a pena contratar monitores para acompanhar as crianças e garantir a segurança.

Para as festas menores, os pais do aniversariante e dos demais convidados podem se revezar para acompanhar e supervisionar as brincadeiras.

Com essas dicas, ficou mais fácil definir o espaço para festa infantil? Ainda tem alguma dúvida? Deixe um comentário pra gente.

4 dicas para definir a decoração de casamento!

definir decoracao de casamento

Uma das principais dúvidas que afligem os noivos é sobre como definir a decoração de casamento – com tantas opções e discrepância de valores, nem sempre essa é uma tarefa simples.

Se você também está passando por esse momento, não se desespere. Nós separamos algumas dicas importantes que podem lhe ajudar. Confira!

  1. Façam a escolha juntos

Um dos erros que muitos noivos cometem na hora de definir a decoração de casamento é deixar tudo a encargo da noiva – o que pode resultar em escolhas que não agradam ambos, ou que não tem muita relação com a personalidade dos dois.

Por isso, é importante que essa seja uma decisão feita em conjunto e que ajude a expressar a forma como vocês se relacionam com o mundo e também um pouco da história de vocês.

Se vocês têm, por exemplo, uma paixão por épocas passadas, um casamento vintage pode funcionar muito bem. Já se adoram a vida no campo, podem investir em uma decoração rústica ou country. As cores escolhidas também devem estar em harmonia com as preferências de ambos.

  1. Pense no local onde a festa vai ocorrer

Não adianta definir uma decoração rústica, por exemplo, caso você vá fazer a sua festa em um salão fechado. É importante que o estilo decorativo e o ambiente estejam em sintonia.

Se você sempre sonhou com determinado tipo de decoração para o seu casamento, leve isso em consideração na hora de escolher o lugar.

Uma opção que está muito em voga é realizar a cerimônia e a festa no mesmo ambiente – o que economiza com aluguel. Nesse caso, você pode fazer as duas decorações similares.

Caso a cerimônia e a festa ocorram em locais separados, é possível usar decorações distintas ou semelhantes, tudo dependerá se você será a única noiva da igreja. Mesmo quando for dividir a decoração da igreja, tente incluir pelo menos alguns itens que sejam próximos da decoração da festa.

  1. Estude as opções para a época do ano

A época do ano também é uma informação crucial quando o assunto é definir a decoração de casamento, já que muitas decisões passam por questões climáticas, como as flores, por exemplo.

No caso dos casamentos durante o inverno, é preciso que a sua decoração seja mais aconchegante e traga calor aos convidados, com cores mais quentes, uso de velas e até aquecedores – principalmente para quem deseja fazer o casamento ao ar livre, sendo que nesse caso ainda é importante pensar no melhor horário do dia para isso.

Já no verão, o importante é tentar deixar a sua decoração mais leve, com flores da estação (que costumam suportar melhor as altas temperaturas), cores em tons mais neutros (que podem ser combinados com uma ou duas tonalidades mais fortes) e decorações mais cleans.

  1. Considere o estilo do casal

Vocês formam um casal mais tradicional ou descolado? Têm um estilo mais criativo ou prático? Todas essas são questões essenciais para definir a decoração de casamento.

Se vocês são super descolados, criativos e adoram ter ideias diferentes, uma decoração tradicional pode parecer completamente diferente da imagem que passam.

Por isso é essencial que a decoração seja uma extensão da personalidade de vocês, ajudando a transmitir a história de amor do casal e, claro, quem vocês são.

Com essas dicas, ficou mais fácil definir a decoração de casamento? Se você gostou desse conteúdo, compartilhe-o em suas redes sociais!

Como começar a planejar o casamento? 5 passos importantes!

planejar casamento

Depois de aceitar o pedido, é hora de começar a planejar o casamento. Porém, nem sempre essa é uma missão assim tão simples, já que são muitos detalhes que devem ser considerados e, algumas vezes, os noivos podem ficar perdidos com o excesso de informações.

Se você está passando por essa situação, não se desespere! Nós trouxemos dicas importantes que vão lhe ajudar a planejar o casamento de uma forma simples. Confira!

  • Quanto você pode investir

Antes de definir qualquer coisa, é essencial saber de quanto você dispõe para investir no seu casamento, afinal é a partir do orçamento que você poderá planejar todos os próximos passos.

Portanto, analise as suas economias com cuidado e não coloque metas impossíveis que comprometam o seu orçamento, colocando em risco a vida futura do casal.

  • Que tipo de festa vocês desejam

Uma festa de casamento de sucesso é aquela que consegue ser bacana para os convidados, mas também para os noivos, estando de acordo com as suas possibilidades financeiras e o seu estilo, ajudando a contar a história de amor de vocês.

Por isso, pense se vocês formam um casal moderno ou mais tradicional, se desejam uma festa grandiosa ou mais íntima, se preferem se casar em um salão ou ao ar livre.

  • Defina a quantidade de convidados

De posse dessas informações será mais fácil analisar quantas pessoas você pode convidar – e quem realmente é essencial para que a sua festa seja como vocês sonham.

O número de convidados é um ponto fundamental e que será responsável por guiar o valor de vários serviços, como o bufê, o aluguel do espaço e muitos outros. Por isso, considere sempre o seu orçamento.

  • Pesquise preços e serviços

Coloque no papel todos os serviços e profissionais que você terá de contratar, assim será mais fácil definir o que você mesmo poderá fazer e o que precisará de ajuda.

Casamentos menores e mais intimistas podem contar com uma participação mais ativa dos noivos, já os casamentos maiores e mais tradicionais podem precisar de ajuda de profissionais especializadas, como cerimonialistas.

A partir da definição de quais serviços você necessitará, comece a pesquisar as empresas, cote os valores, visite os profissionais e peça amostras dos serviços realizados. Se possível, converse com outros noivos que já foram clientes das empresas e tome cuidado com as economias sem sentido e que podem comprometer a qualidade final da sua celebração.

  • Faça um cronograma

Para não se perder durante a organização, crie um cronograma de tudo o que deve ser feito mês a mês. Por exemplo, a data do casamento e o inicio da poupança pode ser feito entre 18 e 20 meses de antecedência, a escolha do local da festa com 17 meses de antecedência, a empresa de fotografia deve ser definida 15 meses antes e assim por diante.

Sempre considere que, em alguns serviços, quanto mais antecedência você fechar, maior podem ser os descontos. Coloque junto desse cronograma uma planilha de gastos e fique de olho no seu orçamento.

Com essas dicas, ficou mais fácil começar a planejar o casamento? Se você gostou desse conteúdo, curta a nossa página no Facebook e receba sempre dicas bacanas como essas!