Como escolher o salão para casamento de forma simples e rápida?

Como escolher o salão para casamento de forma simples e rápida?

salao-para-casamento

Definir o salão para casamento nunca é uma tarefa simples, afinal existem vários itens que precisam ser considerados e o local ainda precisa oferecer suporte para a sua decoração e estar de acordo com o número de convidados e o estilo da sua festa.

Justamente por todos esses motivos, vários noivos possuem dúvidas na hora de escolher o local para a festa de casamento. Você também está passando por esse momento? Continue a leitura e veja as dicas importantes que separamos!

Considere o estilo de casamento

Como será o estilo do casamento que vocês estão organizando? Para que vocês consigam comunicar essa ideia aos seus convidados é imprescindível que o salão para casamento esteja em sintonia com o estilo decorativo.

Se você não tem certeza de como fazer essa integração, algumas perguntas básicas podem lhe ajudar, como:

  • o casamento será durante o dia ou à noite?
  • O ideal é que ele ocorra em um local aberto ou fechado?
  • A cerimônia e a recepção acontecerão no mesmo local ou em locais diferentes? (No último caso, pense também na distância entre o local da cerimônia e da festa).
  • Qual será o número de convidados?
  • O casamento terá algum tema para a decoração?
  • Vocês são um casal mais romântico ou moderno?
  • Seu casamento será mais tradicional, intimista ou diferente?

Pense no seu orçamento

É claro que casar no lugar dos sonhos ajuda a transformar ainda mais esse momento. Mas, será que vale a pena comprometer todo o seu orçamento para conseguir isso?

Ao definir o tipo de casamento que vocês desejam e a quantidade de convidados, fica mais fácil estipular o limite máximo que poderão gastar com o aluguel do salão de festas.

Se o orçamento está apertado, alguns “truques” podem ajudar, como fechar o aluguel com bastante antecedência, preferir os dias da semana que não tem muita concorrência e até modificar o horário da cerimônia para a manhã ou a tarde.

Informe-se sobre o acesso ao local

Para economizar, muitos casais acabam optando por salões mais distantes, o que obriga os convidados a darem inúmeras voltas para irem da cerimônia à festa.

Isso pode fazer com que alguns convidados acabem se perdendo e até desistindo de participar da sua recepção, o que não é nem um pouco legal, não é mesmo?

Por isso, tente escolher locais que sejam fáceis de chegar, que os convidados conheçam e que não demandem muito tempo de percurso entre cerimônia e festa.

Converse sobre os serviços adicionais

Muitos salões hoje em dia oferecem mais do que apenas o aluguel, como por exemplo equipes próprias de segurança, recepcionista e manobristas, além de móveis como mesas e cadeiras.

Isso pode significar uma boa economia e muitas vezes pode compensar pagar um pouquinho a mais no espaço e ainda levar esses serviços extras.

Cheque se existe estacionamento no local

Se a maioria dos seus convidados chegará de carro a sua recepção é importante que o salão ofereça esse espaço de estacionamento, trazendo conforto e segurança para que seus convidados possam aproveitar a sua festa sem pensar no carro parado na rua.

Além disso, lembre-se de visitar o local com antecedência, analisar bem o tamanho do espaço, o número de banheiros, a divisão dos ambientes, o espaço ao ar livre, as áreas destinadas para o buffet, e também a acessibilidade.

Com essas dicas ficou mais fácil escolher o salão para casamento? Entre em contato conosco e descubra as vantagens que a Lagoa Dourada oferece para o seu grande dia!

7 dicas para a festa de casamento dos sonhos!

dicas para a festa de casamento

Qual casal apaixonado não sonha com uma festa de casamento incrível? Porém, na hora de “colocar a mão na massa” e começar a transformar o sonho em realidade, essa missão pode não ser assim tão simples, não é mesmo?

Hoje nós trouxemos algumas dicas para a festa de casamento que vão lhe ajudar na organização e também na hora de enxugar o orçamento. Confira!

  • Defina o orçamento máximo

Antes de começar a tomar qualquer decisão, defina o quanto vocês podem investir na festa de casamento, a partir de estimativas do quanto é possível poupar por mês.

Se vocês conseguirem, juntos, poupar cerca de R$ 3 mil por mês, durante 1 ano é possível ter um orçamento de R$ 36 mil – suficiente para uma festa bem interessante para cerca de 200 convidados.

  • Comece hoje mesmo

Quanto antes vocês começarem a economizar, mais fácil será ter um orçamento adequado.

Além disso, também é importante começar o planejamento de forma antecipada, assim você poderá negociar prazos e valores com os fornecedores.

De acordo com os profissionais do setor, começar a planejar a festa de casamento com 1 ano e meio a 2 anos de antecedência é o mais recomendado.

  • Tenha uma reserva para emergências

Depois de definir o orçamento, separe de 10 a 20% desse valor para possíveis contratempos e gastos emergenciais, como no caso das contratações de última hora e até a resolução de problemas inesperados, como a ausência de um dos fotógrafos, por exemplo, ou um problema com o vestido de noiva.

  • Cuidado com a lista de convidados

A lista de convidados é um dos itens que deve receber maior atenção dos noivos já que está diretamente relacionada aos custos da festa de casamento.

Muitas vezes, as listas costumam ser grandes devido aos convidados familiares e amigos que nem sempre possuem alguma ligação com o casal.

Se a pessoa em questão não participa do seu dia a dia, ou não tem nenhum envolvimento na história de vocês, por que convidá-la? Muitos noivos acabam se prendendo a “convites por obrigação” que podem encarecer o valor da festa e até endividá-los.

  • Faça uma lista dos serviços a serem contratados

De posse das informações básicas de quanto você poderá gastar, e de quantas pessoas participarão da sua festa, fica mais fácil definir quais serviços precisam ser contratados e começar a orçá-los.

Negocie com cada um dos fornecedores prazos e formas de pagamento e sempre que possível tente pagar a vista (principalmente se os descontos forem atrativos).

Caso isso não seja possível, divida as parcelas de modo a ficarem dentro do orçamento mensal do casal. Em geral, a despesa mais cara costuma ser o bufê, que corresponde a praticamente metade dos gastos.

  • Defina o tipo de festa que vocês querem dar

Lembre-se, contudo, que quanto mais formal for o casamento, mais caro ele será. Por isso, busque por opções que tenham relação com a personalidade de vocês e que caiba no orçamento definido.

Se a sua ideia é economizar, mas sem perder a elegância e a sofisticação, você pode optar, ao invés do bufê tradicional, por um coquetel finger foods, por exemplo.

  • Escolha a data com cuidado

Épocas mais concorridas costumam ser mais caras, tanto para o aluguel do espaço, como para a contratação dos serviços. O horário da festa também pode interferir no valor.

Em geral, os meses de maio, setembro, outubro e novembro são os que têm mais procura e em maio ainda existe um custo adicional com as flores – já que existe uma alta demanda devido ao Dia das Mães.

Para quem deseja conseguir bons descontos, o melhor mês é o de janeiro, já que fevereiro costuma chover bastante e tem Carnaval e em dezembro é a época das festas de fim de ano.

Gostou das nossas dicas para a festa de casamento dos sonhos? Ainda tem alguma dúvida? Deixe um comentário pra gente!