Já foi o tempo em que o chá de bebê era uma festa simples, apenas para poucos convidados e realizado na casa da futura mamãe. Hoje, ele se transformou em um evento grandioso, com direito a tema específico e uma decoração lindíssima.

Justamente por isso, muitos futuros papais têm dúvidas na hora de organizar o chá de bebê. Para lhe ajudar, nós separamos algumas dicas importantes e que vão fazer a diferença no seu evento.

  1. A data do chá de bebê

Definir uma data adequada é um fator primordial para o sucesso de qualquer evento. Em geral, o chá de bebê é uma boa distração para as mães mais ansiosas, principalmente no finalzinho da gestação.

Por isso, o recomendado é que ele seja marcado antes das 37 semanas de gravidez, assim você não correrá o risco de o bebê chegar antes da sua festa.

Não se esqueça de conversar antecipadamente com os convidados mais importantes para você, como os padrinhos da criança e os avós, para saber se a data escolhida é boa para eles.

Também tente evitar datas próximas de grandes feriados nacionais, que as pessoas costumam emendar e viajar, diminuindo o número de convidados presentes no seu chá.

  1. A lista de convidados

Outro momento de muita indecisão dos futuros pais é em relação à lista de convidados e aqui tudo dependerá da forma que você está organizando o seu chá de bebê.

Hoje, é possível segmentar e fazer vários tipos de festas separadas, como o chá só para mulheres, o chá com os maridos e namorados, o chá para amigos da empresa ou o chá só para família.

Não existe problema em fazer mais do que um chá de bebê, desde que, claro, os convidados sejam diferentes. Assim, você evita aquela sensação de que apenas deseja acumular presentes.

  1. Chá de bebê ou chá de fraldas

A principal diferença está nos presentes dados pelos convidados. No chá de bebê são requisitados pela futura mãe itens de uso diário, como mamadeiras, chupetas, babadores e outros.

Geralmente, a lista é feita pela própria mãe que a deixa em uma loja específica. Em alguns casos, os convidados podem ficar livres para escolher por outros itens diferentes.

Já no chá de fraldas, como o próprio nome sugere, a principal preocupação dos futuros pais é ter um bom estoque de fraldas. Por isso, o recomendado é solicitar por fraldas de tamanhos variados, como M e G, já que nem sempre os bebês nascem tão pequenos para usarem o tamanho RN por um longo período.

  1. A decoração e a escolha do local do chá de bebê

O mais usual atualmente é realizar um chá de bebê temático, assim toda a decoração e até os convites seguem a mesma linha. Existem inúmeros temas que você pode usar, como: princesas, borboletas, jardim encantado, balões, unicórnios, marinheiro, céu, etc.

O importante é que você escolha um local para realizar o chá de bebê que permita essa decoração e que também seja fácil de chegar, tenha segurança e estrutura suficiente para o seu evento e ainda comporte todos os seus convidados tranquilamente.

Com essas dicas, ficou mais fácil organizar o chá de bebê? Se você ainda tem alguma dúvida, deixe um comentário pra gente!