Depois de aceitar o pedido, é hora de começar a planejar o casamento. Porém, nem sempre essa é uma missão assim tão simples, já que são muitos detalhes que devem ser considerados e, algumas vezes, os noivos podem ficar perdidos com o excesso de informações.

Se você está passando por essa situação, não se desespere! Nós trouxemos dicas importantes que vão lhe ajudar a planejar o casamento de uma forma simples. Confira!

  • Quanto você pode investir

Antes de definir qualquer coisa, é essencial saber de quanto você dispõe para investir no seu casamento, afinal é a partir do orçamento que você poderá planejar todos os próximos passos.

Portanto, analise as suas economias com cuidado e não coloque metas impossíveis que comprometam o seu orçamento, colocando em risco a vida futura do casal.

  • Que tipo de festa vocês desejam

Uma festa de casamento de sucesso é aquela que consegue ser bacana para os convidados, mas também para os noivos, estando de acordo com as suas possibilidades financeiras e o seu estilo, ajudando a contar a história de amor de vocês.

Por isso, pense se vocês formam um casal moderno ou mais tradicional, se desejam uma festa grandiosa ou mais íntima, se preferem se casar em um salão ou ao ar livre.

  • Defina a quantidade de convidados

De posse dessas informações será mais fácil analisar quantas pessoas você pode convidar – e quem realmente é essencial para que a sua festa seja como vocês sonham.

O número de convidados é um ponto fundamental e que será responsável por guiar o valor de vários serviços, como o bufê, o aluguel do espaço e muitos outros. Por isso, considere sempre o seu orçamento.

  • Pesquise preços e serviços

Coloque no papel todos os serviços e profissionais que você terá de contratar, assim será mais fácil definir o que você mesmo poderá fazer e o que precisará de ajuda.

Casamentos menores e mais intimistas podem contar com uma participação mais ativa dos noivos, já os casamentos maiores e mais tradicionais podem precisar de ajuda de profissionais especializadas, como cerimonialistas.

A partir da definição de quais serviços você necessitará, comece a pesquisar as empresas, cote os valores, visite os profissionais e peça amostras dos serviços realizados. Se possível, converse com outros noivos que já foram clientes das empresas e tome cuidado com as economias sem sentido e que podem comprometer a qualidade final da sua celebração.

  • Faça um cronograma

Para não se perder durante a organização, crie um cronograma de tudo o que deve ser feito mês a mês. Por exemplo, a data do casamento e o inicio da poupança pode ser feito entre 18 e 20 meses de antecedência, a escolha do local da festa com 17 meses de antecedência, a empresa de fotografia deve ser definida 15 meses antes e assim por diante.

Sempre considere que, em alguns serviços, quanto mais antecedência você fechar, maior podem ser os descontos. Coloque junto desse cronograma uma planilha de gastos e fique de olho no seu orçamento.

Com essas dicas, ficou mais fácil começar a planejar o casamento? Se você gostou desse conteúdo, curta a nossa página no Facebook e receba sempre dicas bacanas como essas!